fbpx
AnálisesPCPlayStationStadiaXbox

Darksiders Genesis – Um prequel muito interessante | Análise

Tudo novo e bem divertido.

Analisado no PlayStation 4 Pro


Quando ficamos sabendo que iria sair um jogo da franquia Darksiders, todos acharam que iria ser o capítulo final, já que, desde o lançamento da franquia, em 2010, a história tinha sido montada para ser realizada em 4 jogos.

Mas não foi esse não. Darksiders Genesis na realidade é um prequel, contando a história antes do primeiro jogo. E não é só isso não, o game tem uma jogabilidade própria bem diferente do restante dos outros 3 jogos.

Em Darksiders Genesis, contamos com dois personagens jogáveis, o até então inédito e irreverente Conflito e o já bem conhecido mas agora ainda novato cavaleiro Guerra. A história, apesar de rasa, é bem familiar aos que já conhecem um pouco da lor da franquia, mas fique tranquilo que não acrescenta muito a tudo que conhecemos. Ou seja, os quatro Cavaleiros vão se unir para combater Lucifer e trazer o equilíbrio ao mundo.

Como dissemos, a Air Syndicate, produtora deste jogo, mudou toda a jogabilidade já conhecida e trouxe um game RPG de visão isométrica que nos desafia a explorar todo o ambiente. Este game pode ser jogado tanto solo quanto cooperativo, e ambos os modos são divertidos.

Se jogarmos solo, podemos alternar entre os dois cavaleiros, que possuem habilidades bem distintas. Enquanto Guerra usa sua espada para destruir tudo a sua volta, Conflito usa sua pistola para quem gosta de jogar mais distante de seus inimigos. Mas não é só isso, no decorrer do jogo vamos desabilitando novas habilidades que vão deixando as batalhas um pouco mais complexas e entusiasmantes. Como dissemos, você pode jogar em modo coop, mas em nenhum momento é obrigatório nenhum outro jogador durante a aventura.

Ahhh, caso um dos protagonistas morra, você pode tentar concluir um dos 16 níveis. Se chegar ao final de um nível, o outro herói ressuscita, mas se morrer os dois, aí é game-over. Por isso, tenha sempre em mente saber jogar com os dois protagonistas, pois sempre você vai precisar de ajuda.

Temos que dar o parabéns ao tratamento gráfico do jogo, é excelente. Apesar de parecer simples, o jogo mostra um cuidado incrível. Já a sua trilha sonora fica na média, se não ajuda, também não atrapalha.

Apesar de muito divertido, ainda não foi desta vez que a franquia Darksiders realmente faz um jogo onde podemos chamar de AAA. O jogo tem alguns bugs, como por exemplo o personagem ficar preso no cenário. Infelizmente foram várias vezes que isso aconteceu. O jogo muitas vezes parece também se perder um pouco em sua narrativa, horas mais preocupado em seguir sua história, outras em manter o bom humor, nem sempre conseguindo o tão esperado equilíbrio.

Mas Darksiders Genesis mesmo assim é uma boa surpresa, mostrando que mudar tudo em uma franquia pode sim dar uma boa oxigenada em uma franquia tão tradicional quanto essa.

Darksiders Genesis

7.5

Nota

7.5/10

Positivos

  • Bons Personagens
  • Excelente Jogabilidade
  • Divertido
  • Modo Cooperativo

Negativos

  • Bugs
  • História rasa
Mostrar mais

Marcelo Rodrigues

Old Gamer, se aventurando no ramo dos video-games deste o Atari. Já foi só do lado "Azul" da Força, mas hoje distribui sua atenção para todas as plataformas. Apesar de jogar todos os estilos, Adventures e Plataformas ainda tem um lugar especial em seu coraçãozinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar