fbpx
AnálisesPlayStation

SackBoy: Uma Grande Aventura – Tamanho Gigante na Diversão | Análise

Um jogo que traz todo o mundo de LittleBigPlanet embalado em uma trilha sonora sensacional.

Analisado no PlayStation 4 Pro


Sempre que alguém fala em qual o mascote da Playstation, pra mim não há dúvidas: SackBoy. Sim, desde que LittleBigPlanet foi lançado no Playstation 3, lá em 2008, o carismático personagem sempre me passou a sensação de representar a marca da consoles da Sony.

Não sei se foi por isso, mas ele foi escolhido para estar no line-up oficial do Playstation 5, mas também chegando aos donos do Playstation 4 e com uma aventura muito gostosa de se jogar.

Antes de mais nada, essa análise ainda é feita no jogo rodando em um Playstation 4, mas logo logo estaremos mostrando também a versão do Playstation 5. Lembre que se comprar SackBoy: Uma Grande Aventura para o PS4, você poderá baixar a versão de PS5 ao adquirir o novo console da Sony.

SackBoy: Uma Grande Aventura não é um jogo oficial da franquia LittleBigPlanet, e é até produzido por outro estúdio, mas não dá para negar que a Sumo Digital realizou um brilhante trabalho não deixando nos lembrar que a estúdio que faz a franquia principal é a Media Molecule. Aqui vale mais uma observação. A Sumo Digital já está bem familiarizado com o nosso garoto feio de saco, pois trabalhou em LittleBigPlanet 3.

Mas vamos ao que interessa.  Lá em ArteMundo, um planeta onde a imaginação e o sonho residem, é o lar dos Saquianos e, lógico, do nosso protagonista. Mas quando tudo parecia muito bem, eis que surge Vex, um vilão que pretende acabar com toda a magia deste lindo planeta. Para isso, Vex pretende raptar todos os Saquianos para criarem uma arma que atenda aos seus fins chamada de Conversor. Quando tudo parecia perdido, eis que SackBoy consegue fugir.

Inspirado nas histórias dos Cavaleiros Tricotados, SackBoy se enche de coragem e saí pelo ArteMundo para libertar seus amigos da garra do terrível vilão.

Deferente dos jogos da franquia, essa história foi muito bem escrita e chegou a me surpreender pois estava acostumado com as narrativas rasas de LittleBigPlanet. Aqui vai um destaque especial ao Vilão, que com seu jeito caricato, deu um charme todo especial a história, que, como era pra ser, tem momentos bem hilariantes.

Já falando um pouco de jogabilidade, SackBoy: Uma Grande Aventura muda um pouco de como conhecemos a franquia LittleBigPlanet. O game tem uma jogabilidade em 3D, mas com câmera fixa. Levei um susto a hora que começou o jogo, mas rapidamente a gente se acostuma, e pra falar a verdade, a solução foi muito bem implementada, que nos acompanha nos 5 mundos existentes com mais de 50 fases.

Do resto, está tudo lá: bons níveis de plataforma, quebra-cabeças para desvendarmos e um mundo lindo para explorarmos. Sim, há várias coisas escondidas no mapa e você terá que fuçar cada cantinho para localizar tudo, seja colecionáveis, itens secretos, roupas etc.

No meio de tudo isso, ainda podemos colocar níveis extras e fases co-ops. Aqui vai uma outra observação. Por enquanto o jogo só permite Co-op local. A Sumo Digital esclareceu que está trabalhando para deixar a experiência multiplayer a melhor possível, mas ainda faltam pequenos polimentos. Teremos que esperar mais um pouquinho.

Se você gosta do mundo fashion, não se preocupe. Durante uma fase para outra você pode passar na loja do Zom-Zom e se produzir inteiro, desde que colete bastante itens, pois é uma “loja” bem cara!!!

Habilidades como saltar, agarrar, usar gancho ou bumerangue e atacar estão entre as diversas coisas que podemos fazer com SackBoy. Tudo isso em fases que podem até parecerem repetidas, mas sempre teremos mecânicas diferentes o que faz que o jogo nunca se torne cansativo. Ao contrário, são tantas mecânicas que tudo parece novo e entusiasmante. Ahhh, não se preocupe com dificuldade, o jogo é bem equilibrado e na maioria das vezes até fácil, mas nunca desinteressante.

Os inimigos na maioria das vezes são simples de eliminar e os golpes que podemos da bem intuitivos. A coisa muda um pouco de figura quando chegamos no chefão, que teremos que usar mecânicas diferentes com cada um. Mas é bom sempre ter cuidado. Se podemos matar os inimigos facilmente, é verdade que também poderemos morrer com poucos golpes desferidos no nosso sackBoy.

Apesar de jogarmos em um Playstation 4 Pro, os gráficos estão lindos, principalmente a arte do jogo que é um primor. Mas tudo isso tem um preço né? Meu PS4 ligou todas as turbinas e parecia que estava pronto para levantar voo, mas foi tudo bem.

Deixei a cereja do bolo por último. Como disse são mais de 50 fases a serem completadas e tudo isso só ficaria ainda mais gostoso de se jogar com uma belíssima trilha sonora. Sim, a trilha sonora, com certeza é a melhor parte do jogo. Músicas como Mayday do The Go! Team, Sleepyhead do Passion Pit, Britney Spears comToxic, Bruno Mars com Uptown Funk e até uma música brasileira; Baianá do grupo Barbatuques.

SackBoy: Uma Grande Aventura não é um jogo excepcional, mas é muito bem competente em tudo que se propôs a fazer. Além disso, que seria a parte técnica, tem uma jogabilidade deliciosa e é demais de divertido. Tudo isso mérito da Sumo Digital que mostrou que apesar de parecido, esse não é um jogo de LittleBigPlanet, mas nem por isso deixou de ser tão bom quanto.

Então, pode colocar seu fone de ouvido e se aventurar por ArteMundo, pois tenho a impressão que mais jogos do nosso querido amigo SackBoy virão com o tempo. E vamos gostar.

Confira o vídeo da Live de SackBoy: Uma Grande Aventura:

SackBoy: Uma Grande Aventura

8.5

Nota

8.5/10

Positivos

  • Trilha Sonora
  • Jogabilidade
  • Gráficos
  • Level Design

Negativos

  • Jogabilidade as vezes fácil demais
  • Um pouco de repetição
  • Modo Multiplayer ainda não funcionando

Marcelo Rodrigues

Old Gamer, se aventurando no ramo dos video-games deste o Atari. Já foi só do lado "Azul" da Força, mas hoje distribui sua atenção para todas as plataformas. Apesar de jogar todos os estilos, Adventures e Plataformas ainda tem um lugar especial em seu coraçãozinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo