fbpx
AnálisesPlayStationXbox

Devil May Cry 5 Special Edition – Melhorias muito bem vindas | Análise

O modo turbo foi acrescentado no Special Edition e deixa o game 20% mais rápido

Analisado no PlayStation 5


Devil May Cry 5 Special Edition é um trunfo da Capcom pois consegue deixar um jogo que já era ótimo, ainda melhor e traz um gostinho especial do que podemos esperar em quem sabe, uma futura sequência.

Devil May Cry 5 foi um dos melhores jogos lançados na antiga geração de consoles. Mesmo estando no início de uma nova geração com o PlayStation 5 e o Xbox Serie X|S, a atualização de um game, podendo rodar em diversos modos, tais como: 4k, 60 fps, Ray Tracing e aproveitando uma maior capacidade gráfica é sempre bem-vindo.

Devil May Cry 5 Special Edition

Infelizmente DMC 5 Special Edition não tem previsão de lançamento para PC, tornando-se por bem assim dizer, um título exclusivo da nova geração de consoles, levando-se em conta as opções gráficas que também poderiam estar presente em um PC.

Além das melhorias já ditas, temos o acréscimo do habilidoso Vergil, como um dos personagens jogáveis, fazendo parte literalmente do enredo do game. O irmão de Dante, é visceral em sua jogabilidade, sendo de longe um dos mais divertidos a se controlar. Estamos falando de um Hack and Slash puro e poder usufruir disto em 60 fps é literalmente um primor.

Devil May Cry 5 Special Edition

Para aqueles que jogaram DMC 5 em um PlayStation 4 ou Xbox One, tanto nas versões de base ou nas versões aprimoradas dos consoles, e que já estão com a nova geração em mãos, fiquem tranquilos pois Vergil e as demais melhorias, fazem valer o fator replay.

Um dos principais pontos de destaque é a reformulação do ambiente e dos personagens. Tudo é muito mais vívido, tanto nos modos performance quanto no modo qualidade. DMC é um show de luzes, explosões e logicamente que a Capcom abusa disso com o poderio da nova geração.

Devil May Cry 5 Special Edition

Existe um certo desconforto com a confusão que acontece nos momentos de maior tensão e o personagem chega a ficar “escondido” em meio ao caos do cenário, quando há um grande número de inimigos misturando-se as explosões e luzes. Nada que atrapalhe a jogabilidade, porem pode ser um cisco nos olhos daqueles que não estão acostumados com a série.

Outro ponto que realmente é mais observado no gameplay são as câmeras do game. Por inúmeras vezes, sem qualquer explicação, ela muda de local e isso sim afeta a continuação de um combo ou até mesmo uma finalização contra um inimigo. A Capcom poderia ter aproveitado esse porte para a nova geração, ajustando a sensibilidade ou habilitando outras opções de visualização de câmera, porém, temos aqui algo herdado do game original.

Devil May Cry 5 Special Edition

Os efeitos sonoros continuam os mesmos, viciantes e frenéticos e com a qualidade musical que faz parte da franquia DMC. O modo turbo foi acrescentado no Special Edition, que em resumo, deixa o game 20% mais rápido e para aqueles que possuem uma TV com uma taxa de 120Hz, é um deleite.

Para os amantes de Hack and Slash, é quase impossível não gostar de Devil May Cry 5 Special Edition, já para aqueles que acompanham a franquia e já podem usufruir da nova geração de consoles, trata-se de um game obrigatório.

Devil May Cry 5 Special Edition

9

Nota

9.0/10

Positivos

  • Gráficos aprimorados
  • Tempo de loading melhorados
  • Vergil como personagem jogável
  • Modo turbo

Negativos

  • Posicionamento da câmera
  • Falta uma versão de PC

Thiago Bonito

Administrador, apaixonado por vídeo game, já sofri quando queimei meu Atari, super fã de jogos clássicos e economizando até a alma para comprar o PS5 no dia do lançamento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo