AnálisesNintendoPlayStation

Cotton Fantasy – Mesmo após 30 anos, a bruxinha ainda mostra que é boa! | Análise

Cotton Fantasy faz jus ao legado da série, sendo o primeiro título totalmente novo em muitos e muitos anos

Analisado no PlayStation 5


Cotton Fantasy (ou Cotton Rock ‘n’ Roll no Japão), é um jogo do estilo Shoot’ em up, sendo o mais recente lançamento da longeva série Cotton, que está comemorando 30 anos de lançamento. Este título, diferente de outros analisados aqui no site é completamente novo, foi desenvolvido pelos estúdios Success e Saizensen e publicado pela ININ Games em 20 de Maio de 2022 para os consoles Nintendo Switch e PlayStation 4 | 5.

Cotton Fantasy
O cristal verde é um dos mais uteis por liberar um tiro que persegue os inimigos, até mesmo para trás, mas ele também é o mais fraco deles.

Nesta entrada alguma coisa obscura está fazendo com que os famosos Willows desapareçam da Terra das Fadas, fazendo com que toda a terra comece a ruir, nesse cenário a vidente Oh-baba alerta a rainha e Silk de que uma lenda diz que “quando os Willows começassem a sumir, aquela de manto azul aparecia e seria capaz de trazê-los de volta à Fairyland” e claro que ela estava se referindo a ninguém menos que Nata de Cotton, imediatamente a rainha determina que Silk busque sua “amiga” e vá investigar o que esta causando o súbito desaparecimento dos doces.

Claro que o encontro entre Silk e Cotton não é muito amigável, mas como em qualquer jogo da série, a bruxinha é facilmente conquistada pela fadinha, que lhe oferece um passe vitalício de coma-todos-os-Willows-que-puder sendo facilmente convencida a ajudar.

Cotton Fantasy
É melhor não ficar ai no meio…

Tudo isso é contato com lindas cenas animadas, que mais parecem ter sido extraídas de um desenho animado. Um detalhe importante é de que o modo história sempre leva em conta a visão da Cotton sobre os fatos, então você já pode esperar muito drama e exagero.

Falando em modo história esse é o jeito principal de se jogar Cotton Fantasy, ao acessar esse modo você deve escolher entre os personagens jogáveis, inicialmente são 6 a escolha do jogador, com a possibilidade de destravar mais um. Cada personagem possui particularidades e modos de jogar que dão um ótimo fator replay ao game, mas vamos começar pela estrela do jogo.

Cotton Fantasy
Ao usar Magia quase todos os elementos do cenário são transformados em multiplicadores de pontuação

Nata de Cotton possui sua jogabilidade padrão, tiro primário acompanhado de especiais e magia, os cristais soltos pelos inimigos interferem no poder de fogo dela, por exemplo, cristais amarelos fazem o nível de Cotton subir, dando ela um tiro mais poderoso, os cristais vermelho, azul e verde mudam o estilo de disparo e são adicionados ao seu estoque de magia, que são soltas ao segurar por um tempo o botão de disparo. Já os especiais da Cotton são grandes bombas no centro da tela, mas isso é feito ao “consumir” uma das fadas que podem acompanhar a personagem no cenário, você tem um limite de até 5 fadas de cada vez, então, use-as no momento certo.

Os demais personagens tem características que os diferenciam da Cotton, por exemplo, Luffee dispara um poderoso laser apenas para frente, sem opção de mudança de canhão, Kawase também é capaz de mudar seu tiro de acordo com os cristais, mas seu especial solta uma garra que puxa os inimigos e usa-os como projéteis e por fim, a mais diferente é a Fine, essa personagem não possui vidas, sua jogabilidade é baseada em tempo, você tem 600 segundos de vida, receber danos reduz seu tempo, mas os cristais são capazes de repor parte dele, então é melhor tomar cuidado com sua defesa. Ainda existem outros personagens com características únicas, então vale a pena você testar cada um deles e ver o qual melhor se ajusta ao seu gosto.

Cotton Fantasy
Ao final de cada nível existe uma lutar com um chefe

O modo história sempre vai começar na fase Castle Garden mas após sua conclusão aparecem no mapa várias letras indicando que o jogador pode traçar sua rota como bem entender, são até 16 níveis, mas apenas 8 são usados para completar o jogos, tendo dois special stages entre elas, além do estágio final, nesse esquema o jogador pode escolher a rota que mais preferir. Entre esses níveis existe uma grande variedade de temas e inimigos, como o já citado Castle Garden é um jardim a noite, o Royal Tomb se passa em uma tumba antiga, com tema egípcio e o Twilight acontece nas alturas com torres de castelo, moinhos e ilhas flutuantes. A história pode ser jogada em 3 níveis de dificuldade, sendo normal, hard e extra, bom o normal não precisa de introdução, já o hard é bem isso mesmo, difícil, bem difícil, mas para mim o extra consegue ser pior ainda, nessa dificuldade todo inimigo abatido explode espalhando muitas partículas pelo cenário, ficando ainda mais difícil de escapar.

Cotton Fantasy
Inicialmente são seis personagens para escolher, com habilidades variadas

Falando em dificuldade, não da pra dizer que esse Cotton não faz jus à série, ele é difícil, bastante difícil, e você vai morrer muitas vezes, eu assumo que senti muita dificuldade a primeira vez que joguei, mas o jogo oferece continues infinitos, nesse caso, sua penalização é ficar com o score zerado novamente. Junto disso, o jogo oferece um modo para praticar, cada cenário novo que você consegue desbloquear pode ser testado como desejar, com o personagem que quiser e com opções de customização que podem aumentar ou diminuir a dificuldade, dando ao jogador a possibilidade de praticar à exaustão aquele ambiente e com isso decorar a localização de alguns inimigos.

Visualmente o jogo é lindo, não tem nada que incomode ou que eu possa falar que atrapalha no gameplay, existe claramente uma divisão do que é cenário para o que é inimigo, mesmo que exista um número absurdo de coisas na tela. Como citei anteriormente as cenas animadas são lindas e lotadas de humor, infelizmente o jogo não oferece opção ao nosso idioma, sendo seu áudio apenas em Japonês com legendas em Inglês, Espanhol, Frances, Italiano, Alemão e idiomas asiáticos que eu acredito que sejam Chinês e Coreano, fico pensando no peso que o mercado gamer Italiano tem no mundo para receber uma localização e o Português, sexto idioma mais falado do planeta não.

Cotton Fantasy
Os special stages usam uma jogabilidade de trás, no mesmo estilo de Panorama Cotton, do Mega Drive

A parte sonora é um show a parte, um mix de novas músicas com remix de trilhas passadas que combinam muito bem com os temas e toda a ação frenética que está acontecendo na tela. Os efeitos sonoros não incomodam, e o fato de os personagens falarem de tempos em tempos (mesmo que apenas em japonês) da um ar especial ao gameplay.

Em resumo, Cotton Fantasy faz jus ao legado da série, sendo o primeiro título totalmente novo em muitos e muitos anos, mas não sem alguns pontos que necessitam de melhorias, apesar de ter uma jogabilidade moderna, a falta de opções de “defesa” aos personagens acabam por fazer com que o jogador casual simplesmente ignore todas as mortes e vá usando os continues até terminar o game, além disso, faltam alguns modos de jogo para dar mais variedade ao jogador, sim é fato que ele tem até 16 níveis e muitos personagens, mas acaba ficando um senso de déjà vu vez ou outra.

Cotton Fantasy
Algumas cut scenes são hilárias

Com tudo isso dito, falo com certeza que Cotton Fantasy é um baita jogo, um dos melhores que eu joguei recentemente no estilo e também um dos que mais gostei da bruxinha, ele não é perfeito e ainda tem muita margem para melhorias e novidades, mas nem por isso deixa de entregar um lançamento sólido e que tem capacidade de satisfazer fãs de longa data bem como novatos que tenham interesse na série, ele entrega um gameplay satisfatório, boa apresentação com belos gráficos e hilárias cut scenes, além de um boa trilha sonora, só pecando na dificuldade e no preço salgado aqui no Brasil.

Confira neste vídeo de gameplay o Modo História completo de Cotton Fantasy legendado em Pt-BR:

Cotton Fantasy

8.5

Nota

8.5/10

Positivos

  • Um novo Cotton em ANOS
  • O visual é bom
  • O gameplay também
  • Boa variedade de personagens e cenários

Negativos

  • Continua sem ter formas mais efetivas de defesa
  • Existem vários idiomas, mas o nosso...
  • O preço é um pouco salgado

Saulo Fernandes

Publicitário de formação, editor da Gamers & Games desde 2015. Gosto de jogos de exploração, aventura e corrida, comecei a jogar no Master System, mas o meu console queridinho até hoje é o GameCube.
Botão Voltar ao topo