fbpx
AnálisesPlayStation

Concrete Genie – Traz de volta a luz para Denska | Análise

Concrete Genie é um deleite para os olhos, o jogo é muito bonito e agradável, além de ser incrível em sua proposta.

Analisado no PlayStation 4 Pro


Concrete Genie é um jogo de ação e aventura com elementos de puzzle, ou se você preferir, um game de puzzle com jogabilidade de ação e aventura, foi desenvolvido pela PixelOpus, um dos menores, senão o menor estúdio da Sony Worldwide Studios, e foi lançado em 08 de Outubro de 2019, exclusivamente para o PlayStation 4.

Em Concrete Genie acompanhamos Ash, um jovem solitário que sofre bullying de outros valentões na cidade de Denska, cidade essa que foi abandonada após um acidente com um petroleiro trazer o mal e a escuridão, o game se passa nesse local melancólico e sem vida, já de começo o game nos apresenta o passatempo preferido do protagonista, desenhar, e claro, sua criação mais perfeita chamada de Luna.

Ainda na introdução do jogo vemos Ash sofrendo com o assédio dos demais personagens, durante essa “briga”, o caderno do desenho é destruído, fazendo com que todas as páginas saíssem voando, para piorar Ash é colocado dentro do bondinho abandonado e enviado para o Farol da cidade, sendo deixado lá sozinho com os “fantasmas”, só um detalhe, isso não é spoiler acontece antes de você ter controle do personagem de fato.

Bom, uma vez com Ash em nosso controle, podemos explorar a área do farol, lá Ash se encontra pela primeira vez com Luna, já viva no lugar dos tais fantasmas, ela de alguma forma explica para ele que a escuridão que tomou conta de Denska deve ser combatida com a luz, para tal Ash recebe um grande pincel com poder mágico e junto de Luna vai desenhando em volta do Farol, trazendo vida novamente ao lugar. Nesse ponto já começamos a ter mais familiaridade com a jogabilidade do game, ela é muito simples e fácil, num primeiro momento Ash anda, pula, senta no chão, pode chamar os Gênios com o L1, se esquivar com o R1 e claro pintar, usando o R2 você ativa o pincel e com o auxilio do giroscópio presente no controle o desenho é formado conforme movimentamos com o botão pressionado, também é possível escolher o analógico direito para tal função, mas por incrível que pareça, achei o controle de movimento mais natural, no maior estilo de Infamous Second Son, para desfazer um desenho é só pressionar o L2.

Durante pelo menos metade do game o foco é esse, criar os gênios, pintar as paredes da cidade ativando as luzes e afastando a escuridão, ah sim, em momentos é necessário a super tinta para tal função, ela é ganha quando interagimos com os gênios, seja em forma de brincadeira ou desenhando algum dos desejos deles, o jogo é divido em 6 áreas básicas, sendo elas, o já mencionado farol, o porto, a hidroelétrica, os canais subterrâneos e a caverna. Cada uma delas é divida meio que por setores, onde deve se acender as lâmpadas com o auxilio dos desenhos, em algumas áreas é necessário usar a super tinta, diversas folhas também estão espalhadas pelo cenário, é importante procurar e coletar elas, uma vez que alguns gênios vão pedir desenhos específicos e você só pode desenhá-los se tiver a folha dele.

Como falei de começo, Concrete Genie tem uma jogabilidade até uma parte do game, porque depois da metade dele mais ou menos, a proposta do game muda completamente, e vai de um jogo leve e calmo, com foco em exploração e puzzles, pra um game de ação e alguns combates, alguns porque ele não tem tantos inimigos e muito menos você tem receio de morrer durante o combate, uma vez que isso ocorre você simplesmente é colocado de volta onde estava e começa novamente, isso também ocorre no gameplay normal. Já para o combate, Ash ganha novas habilidades, além das já tradicionais que eu citei anteriormente, agora os botões de ação na face do controle tem ataques de fogo, eletricidade e ar, referente aos três tipos de Gênios que podemos criar, além disso, é possível patinar para ganhar mais velocidade na movimentação, porém, nem tudo são mil maravilhas, apesar de bom, o combate não oferece muito desafio ao jogador, os inimigos pouco te acatam, eles mais fogem de você e contra atacam do que vem pra cima de verdade, isso faz com que tudo fique muito brando, no modo difícil até melhora, mas um jogador um pouco mais experiente vai se sentir overpower.

Visualmente falando, Concrete Genie é um deleite para os olhos, o jogo é muito bonito e agradável, tanto no estilo gráfico como na execução mesmo. Denska é bem construída, com texturas variadas e boa variedade de ambientes, já os Gênios e as pinturas de Ash são extremamente vivas e luminosas, contrastando com as sombras da cidade, esse outro ponto muito bem trabalhado no game, luz e sombras, além disso, ele tem um filtro de partículas que da um ar mais misterioso ao ambiente. A parte sonora é impecável, a dublagem dos personagens é bem feita, toda em português do Brasil, além disso, mesmo sendo jovens adolescentes, não existe um uso exagerado de gírias, fazendo com que daqui a algum tempo o game pareça mais datado do que ele é, outro ponto que merece destaque é a trilha sonora do game, infelizmente ela fica meio apagada, o que é um ponto que tenho um pouco de divergência, ela de fato não se destaca mesmo sendo incrivelmente bem feita, ou, ela se mescla tão bem no game que fica como um plano de fundo perfeito que você nem nota? Em todo caso, ela é ótima e você pode ouvir alguns trechos dela abaixo.

Para finaliza tenho apenas uma consideração a falar sobre o jogo, Concrete Genie e incrível em sua proposta, fico feliz que ainda existam grandes empresas que vez ou outra lançam games como esse, mas infelizmente o jogo é curto, mesmo ele contanto com alguns extras como desenho livre e um modo em VR (que eu ainda não pude testar), a impressão que fica é a de cadê o resto? Acabou mesmo? Poxa! Mas apesar de tudo, não tenho como não recomendar esse jogo para aqueles jogadores que assim como eu gostam de um título que mais serve para relaxar e entreter do que desafiar nossos limites.

Todas as imagens dessa análise foram capturadas pelo editor durante o seu gameplay em um PS4 Pro

Confira a Live de Concrete Genie:

Confira o modo VR de Concrete Genie:

Concrete Genie

8.5

Nota

8.5/10

Positivos

  • Arte gráfica bem trabalhada
  • Jogabilidade
  • Trilha e efeitos sonoros
  • Interação com os Gênios

Negativos

  • Combate é fraco
  • Jogo é muito curto
Tags

Saulo Fernandes

Publicitário de formação, editor da Gamers & Games desde 2015. Gosto de jogos de exploração, aventura e corrida, comecei a jogar no Master System, mas o meu console queridinho até hoje é o GameCube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar