AnálisesNintendoPlayStation

Cotton 100% – O segundo jogo da série chega aos consoles modernos | Análise

Assim como em Cotton Reboot e outros jogos de Shoot 'em up mais recentes, o recurso de rewind está disponível

Analisado no Nintendo Switch


Märchen Adventure Cotton 100% é um jogo de Super Famicom lançado originalmente em 1994 no Japão, ele foi o primeiro e único título da franquia a ser lançado no consoles 16 bits da Nintendo, e agora como parte da comemoração dos 30 anos da série Cotton o jogo recebeu um relançamento nas plataformas atuais PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Como sequência do primeiro jogo que foi lançado em 1991 nos arcades e no computador Sharp X68000, Cotton 100% segue o estilo, onde mais uma vez estamos controlando a bruxa Cotton com a sua fiel companheira a fada Silk, nesse título são sete estágios num mundo dos sonhos, Cotton logicamente está em busca de seu adorado doce de Salgueiro. Assim como Panorama Cotton, este título também não recebeu nem ao menos legendas em inglês para que seja mais fácil para os não conhecedores de japonês entender algo sobre a história.

Cotton 100%

A jogabilidade aqui não tem segredos, assim como no titulo anterior estamos falando de um side scroller, onde montados na vassoura voadora de Cotton somos capazes de disparar tiros e ataques especiais contra os inimigos, os estágios são divididos em duas etapas com um mini-boss no meio e um boss final, completando o estágio uma chuva de pacotes de chá cai do céu e pode ser coletada para aumento da pontuação. Outros itens são comuns do primeiro jogo, como as gemas que podem dar níveis de experiência maior para Cotton, elas vão mudando de cor e ficando mais potentes ao receber tiros, mas cuidado, neste título elas podem ser pulverizadas se você exagerar.

Cotton 100%

Este relançamento utiliza um padrão de emulação já conhecido de títulos lançados recentemente pela Inin Games e Ratalaika Games, já de inicio temos duas opções, a Standard que oferece opções de aprimoramentos, melhorias e customização e a Challenge que nada mais é que o jogo sendo executado o mais próximo possível do que ele seria no hardware original. Mas convenhamos, algumas melhorias são bem vindas e entre elas estão os costumeiros Save e Load State, o menu com essas informações é ativado quando o botão select é pressionado durante o gameplay. Fora eles existe a possibilidade de ativar todos os Cheats possíveis no jogo, vidas e super ataque infinitos, o número máximo de fadas e tiro em sua máxima potência e claro, invencibilidade.

Cotton 100%

Visualmente o jogo não tem melhoria nenhuma, afinal, é um jogo original rodando em emulador num console atual, não é um remaster ou remake como foi o caso de Cotton Reboot, sendo assim não espere nada demais. O emulador oferece ao menos três modos de vídeo, sendo os aspectos 4:3 padrão das TVs de tubo, 16:9 o padrão Widescreen e o Pixel Perfect, na proporção original gerada pelo console (um tanto quanto estranha, muito espremida nesse jogo do SNES). Ainda é possível incluir efeitos de CRT, e aí as opções são bastante ricas, tipos e intensidade de máscara (isso é um pouco complexo, mas basicamente indica se ela vai simular uma tela de Shadow-mask, Trinitron ou Diamondtron, ou algo do tipo), ainda é possível escolher a intensidade das scan-lines, a curvatura da tela, nitidez, gamma… vale a pena testar e ver se alguma te faz lembrar daquela TV jurássica Philco-Hitachi que existia na casa da sua avó. Os controles também podem ser remapeados, mas não vejo muita necessidade.

Assim como em Cotton Reboot e outros jogos de Shoot ‘em up mais recentes, o recurso de rewind está disponível, e pode ter certeza ele é muito útil.

No geral, Cotton 100% no Nintendo Switch e PlayStation 4 é um jogo que serve como comemoração de uma série tão famosa, mas não trás nada de novo, ele cumpre bem seu papel de preservação, é um jogo gostoso de jogar sem muito compromisso, não é muito difícil e cada vez jogar, você pode tentar reduzir o uso da função de desfazer para quem sabe ir aumentando cada vez mais sua pontuação. Dessa forma eu diria que ele vale para aqueles que gostam da série, de jogos shmup e da Cotton!

Confira neste vídeo o gameplay de Cotton 100% do início ao fim:

Cotton 100%

7

Nota

7.0/10

Positivos

  • É um jogo divertido
  • A trilha sonora do SNES é boa
  • O efeito Rewind ajuda bastante

Negativos

  • É fácil
  • O visual não é muito interessante
  • Não tem legendas nem em inglês

Saulo Fernandes

Publicitário de formação, editor da Gamers & Games desde 2015. Gosto de jogos de exploração, aventura e corrida, comecei a jogar no Master System, mas o meu console queridinho até hoje é o GameCube.
Botão Voltar ao topo