AnálisesPC

TEVI – Impressões da demo

Título ainda em desenvolvimento portanto vários pontos do texto podem estar em desacordo com versões futuras e finais.

Jogo testado no PC


TEVI é um jogo de ação, aventura e plataformas metroidvania com elementos de bullet hell que está sendo desenvolvido por CreSpirit, GemaYue, Ein Lee. O título tem data de lançamento esperada para este ano de 2023 com versões pretendidas para PC, Nintendo Switch, Playstation 4 | 5, Xbox Series X|S e Xbox One.

Com cara de anime e um sistema de combate diferente, TEVI é um metroidvania que tem potencial para agradar os fãs do gênero.

TEVI

A demonstração de TEVI chega em um formato atípico do que geralmente encontramos em jogos deste estilo e escopo. A demo tem duração de varia de 2 a 3 horas onde somos apresentados a uma introdução da história e aos sistemas de combate e customização do personagem que incluem algumas lutas contra chefes, conteúdo mais do que suficiente para termos uma boa ideia do que esperar da versão final.

Na história temos uma trama simples típica de animes de fantasia, com uma aventura que se passa no continente chamado Az, uma terra que contém mágica e é lar de várias criaturas. Aqui nós assumimos o controle de TEVI, uma engenheira autoproclamada que com o auxílio de seus dois companheiros, anjo e demônio, parte em uma aventura para tentar encontrar respostas e assim conseguir ajudar na pesquisa de seu pai, um cientista. A história apresentada não tem nada de impressionante e serve mais como plano de fundo para justificar a jogatina, esta que traz um combate diferente e um sistema de customização interessante.

TEVI

Em sua essência, TEVI é um jogo metroidvania onde você precisa ir e vir liberando acesso a novos locais conforme progride e adquire novas habilidades. Contudo durante a demo esse aspecto foi bastante minimizado, pois além de um sistema de teleportes entre áreas, vários dos bloqueios especiais se encontravam na mesma área do novo upgrade ou habilidade necessários para transpor os obstáculos.

O combate do jogo é bastante diferente e além dos típicos ataques corpo a corpo e de longa distância, também temos mecânicas de combo, evasão, invencibilidade, “BREAK”, atordoamento entre outras que estão mais presentes durante as lutas contra chefes. Os aspectos bullet hell existem, mas eles têm poucas características de “Hell”, pois apesar de termos vários projéteis eles não se movem em alta velocidade e é possível evitar facilmente grande parte dos ataques.

TEVI

O mais interessante dessa demo com certeza foi o sistema de customização do personagem. TEVI é uma engenheira que pode utilizar sigils, estes que dão a personagem diferentes bônus passivos e habilidades. Esse sistema permite que o jogador modifique e adapte a personagem ao seu estilo de jogo, podendo alternar entre mais ataques ou defesas, habilidades especiais, combos, entre outros. Cada sigil custa pontos de energia e a personagem tem um limite de energia, assim o jogador precisa pensar no que ativar e desativar para construir sua combinação.

Os gráficos são no estilo anime, com cutscenes que parecem ter saído de um mangá e uma arte de jogo que segue o estilo Chibi onde os personagens geralmente têm a cabeça em tamanho desproporcional ao corpo. Tudo está bastante colorido e bem desenhado, temos atenção a vários detalhes no cenário incluindo o plano de fundo, monstros e efeitos de habilidades. A trilha sonora é divertida e combina com a jogatina, mas ela é enjoativa e após uma hora de jogo ela começa a incomodar.

TEVI

No final, TEVI é um jogo que tem potencial, sua demo é longa e apresenta de uma boa forma os sistemas de combate e customização que são o diferencial da jogatina. Nossa experiência foi positiva e o jogo é divertido, assim se você é fã do gênero ou se interessou eu recomendo que adicione o título a sua lista de desejos, siga as páginas e mídias do projeto e também as nossas para futuras atualizações.

Confira no vídeo abaixo o começo da demonstração de TEVI:

Jeferson Vasconcelos

PC Gamer desde os anos 90, entusiasta de VR que não consegue ficar sem jogar os velhos consoles. Aguardando há anos pelo próximo Lineage
Botão Voltar ao topo