AnálisesPCPlayStationXbox

SYNDUALITY Echo of Ada – Impressões do Beta fechado

Título em desenvolvimento, portanto vários pontos do texto podem estar em desacordo com versões futuras e finais.

Jogo testado no PC


SYNDUALITY Echo of Ada é um jogo de tiro em terceira pessoa no estilo PvPvE que está sendo desenvolvido pela Game Studio Inc. e será distribuído pela Bandai Namco Entertainment. O título ainda está em desenvolvimento e não temos uma data prevista para o lançamento final.

Como mais uma cópia de Tarkov só que agora com temática de anime e mechas, este beta fechado de SYNDUALITY Echo of Ada apresentou um título com ideias interessantes, mas bem pouco desenvolvidas.

SYNDUALITY Echo of Ada

Synduality Echo of Ada, se passa no mesmo universo do anime Synduality: Noir e para quem não conhece ou não se lembra, toda a trama se passa no ano de 2222, que após uma misteriosa chuva tóxica extinguir grande parte da humanidade com os sobreviventes se abrigando em instalações subterrâneas. Com um planeta completamente modificado por este evento, agora os sobreviventes exploram a superfície em mechas fortemente armados e com o auxílio de uma AI eles precisam recolher recursos para manter as instalações funcionando. Como se trata de um closed beta a história não foi desenvolvida e só temos a introdução que é interessante e combina muito bem com a proposta do jogo.

Echo of Ada é mais um jogo de extração PvPvE, onde jogamos como um desses operadores de mechas e o objetivo aqui é realizar expedições para completar missões e extrair recursos. A jogatina nos fornece diferentes tipos de mecha, cada um com uma especialidade, além de um arsenal com várias armas, um sistema de seguro para itens e uma AI “Waifu” que nos acompanha e pode ser customizada.

SYNDUALITY Echo of Ada

As expedições seguem a mesma linha dos outros jogos do gênero, antes de cada uma é possível customizar sua composição, modificando itens e aplicando seguro a eles para assim partir para o combate. Os mapas seguem a linha PvPvE ou seja, além de combater NPCs também temos jogadores lutando para obter recursos com o diferencial sendo a chuva tóxica que cai de tempos em tempos e corrói a armadura do mecha, fator este que adiciona uma camada de estratégia para tudo, mas não espere muita coisa pois o combate ainda estava bem ruim.

O combate apresentado nesta beta fechado era composto de sistema que pode ser resumido em quem identificar o outro primeiro ganha. Infelizmente o combate não traz nenhuma possibilidade de estratégia ou troca de tiro, o problema aqui é que o tempo para matar é muito pequeno e praticamente todas as armas matam com um ou dois tiros, assim fica vivo quem identificar o inimigo primeiro. Não precisa jogar para saber que do jeito que está, o sistema não é nada divertido e abre brechas para muitos abusos por parte dos jogadores.

Nós jogamos acompanhados de uma AI, uma espécie de “Waifu” feminina ou masculina que pode ser customizada. A função desta AI é nos auxiliar como algo que se assemelha a um radar, informando recursos, ameaças e também soltando um poder especial que pode te salvar de situações mais críticas. No papel ela faz sentido, mas na realidade é apenas uma forma de colocar mais monetização no jogo, a AI é extremamente enjoativa e ela simplesmente não fica em silêncio e sua voz é alta demais ao ponto de sobrepor os efeitos sonoros, o que acaba atrapalhando na jogatina.

SYNDUALITY Echo of Ada

A experiência de jogo no beta fechado foi bastante negativa, o conceito está ali mas nada é desenvolvido. Além dos problemas com o sistema de combate, a movimentação também não é das melhores e o mecha é lento demais para a ação do combate, os mapas e modelos de inimigos são genéricos e desinteressantes e para completar os servidores estavam terríveis com o jogo sofrendo de atrasos e problemas de registro de dano. A impressão é a de que os desenvolvedores gastaram o tempo e o orçamento todo nas “Waifus” e esqueceram do jogo, pois elas são os únicos modelos com melhores animações.

Este beta fechado estava mais com cara de alpha fechado e no estado atual o jogo carece de várias correções e melhorias em seus sistemas. A experiência simplesmente não é divertida em comparação com outros jogos do mesmo gênero, além disso não temos muita informação de como a monetização será realizada, assim se você se interessou eu recomendo que siga o projeto e aguarde novidades.

Jeferson Vasconcelos

PC Gamer desde os anos 90, entusiasta de VR que não consegue ficar sem jogar os velhos consoles. Aguardando há anos pelo próximo Lineage
Botão Voltar ao topo