AnálisesPC

VOIN – Impressões do PlayTest/Demo

Título ainda em desenvolvimento, portanto vários pontos deste texto podem estar em desacordo com versões futuras e finais.

Jogo testado no PC


VOIN é um jogo de ação hack’n slash em primeira pessoa que está sendo desenvolvido por Nikita Sozidar e publicado pela tinyBuild. Atualmente o título ainda está em desenvolvimento com uma demo disponível para PC.

Apesar de não ter muito conteúdo, a Demo de Voin nos apresenta a um conceito interessante e a uma jogabilidade divertida que tem muito potencial.

VOIN

Por ainda estar em desenvolvimento não temos uma história desenvolvida e o pouco que temos em Voin segue o velho padrão, colocando o jogador como um guerreiro elemental criado para combater uma praga que se alastra e consome tudo o que toca. No papel deste guerreiro nós iremos nos aventurar em mapas abertos, repletos de inimigos e tesouros com muita ação e um combate frenético.

Nesta demonstração só temos acesso ao tutorial e ao primeiro mapa que servem perfeitamente para exemplificar o que podemos esperar do jogo, com uma jogabilidade baseada em um hack’n slash em primeira pessoa, onde armas de fogo são trocadas por lâminas como espadas, com a adição de magias e runas para completar nosso arsenal.

A experiência da demo é a de jogar Doom sem armas, o sistema de combate aqui é bastante parecido e inspirado no combate corpo a corpo que temos em franquias como Hexen e Shadow Warrior com uma pequena mistura de RPG. Inicialmente começamos somente com uma espada e uma magia, mas conforme você explora o mapa é possível encontrar novas armas e também liberar habilidades, com um sistema de corrupção que força o jogador a voltar para o hub inicial para limpar os itens encontrados.

Os outros sistemas de jogo são inspirados em uma mistura de estilo souls com rogue, ao morrer retornamos para o hub inicial e é preciso voltar a localidade para coletar seu loot e os monstros no geral causam bastante dano, bastando poucos acertos para deixar o jogador em estado crítico, sendo que atualmente a única forma de recuperar a vida é através de ataques pesados, ou seja, você é sempre forçado a lutar.

Quanto a ambientação, o playtest nos apresentou a dois tipos de gráficos que se separam em com ou sem filtro pixelado. No geral os gráficos não impressionam, mas o jogo não é feio e temos uma atmosfera gótica com castelos e um mundo sombrio, a melhor parte dos visuais chegam por conta de detalhes como os de desmembramento de inimigos, em um sistema que varia de acordo com a parte acertada e a intensidade do ataque. A trilha sonora é básica e os sons de efeitos são bastante genéricos, sem nada relativamente único.

Como dito acima, Voin ainda está em desenvolvimento e em seu atual estado não temos muito conteúdo disponível, porém o que temos são sistemas com muito potencial e dependendo de como forem desenvolvidos, o título pode acabar se tornando referência em seu estilo. Ainda não temos uma data de lançamento prevista, mas se você gosta de jogos de ação rápida vale muito a pena seguir o projeto e adicioná-lo à sua lista de desejos.

Jeferson Vasconcelos

PC Gamer desde os anos 90, entusiasta de VR que não consegue ficar sem jogar os velhos consoles. Aguardando há anos pelo próximo Lineage
Botão Voltar ao topo