AnálisesPC

Green Hell – Bem-Vindo à Selva | Análise

Analisado no PC

 

Green Hell é um jogo de sobrevivência desenvolvido e distribuído pela Creepy Jar, o jogo foi oficialmente lançado em 05/09/2019 e está disponível para PC.

Imagine a floresta amazônica com sua imensa vegetação, rios, animais, insetos e predadores. Agora imagine você perdido na floresta portando apenas uma mochila, um rádio, um relógio e um caderno. Você acha que consegue sobreviver e sair vivo desse inferno verde?

 

 

A história do jogo gira em torno de “Jake Higgins” um antropologista que foi até a Amazônia e publicou um livro sobre a tribo “Yabahuaca”. O livro fez sucesso e vários repórteres e ongs visitaram a tribo que acabou ficando hostil a estrangeiros. Agora Jake e sua esposa Mia voltam a floresta para visitar a tribo e entender o que está acontecendo.

O jogo começa com um tutorial mostrando os controles, criação de itens, utilização de ferramentas e o começo da história. No fim do tutorial Mia está te chamando no rádio com um ar de desespero, você sai da tenda para ir encontrá-la e acaba acordando no meio da floresta sem itens, seja bem-vindo ao inferno verde.

 

 

Aqui temos um sistema de sobrevivência bem detalhado, podemos observar os braços e pernas do personagem, temos níveis de fome divididos entre gordura, carboidratos, proteína e água. Podemos sofrer diversos tipos de ferimentos desde pequenos arranhões e alergias, até infecções de parasitas que se não tratados podem levar a morte.

Durante a sua jornada você irá encontrar uma grande variedade de coletáveis, como cogumelos, frutas, madeira, pedras, plantas e outros que irão ser a base para criação de itens medicinais, ferramentas e abrigos aprimorados. Você também irá encontrar guerreiros nativos, vários animais que podem servir de alimento e outros que devem ser evitados como, peixes, capivaras, antas, tatus, araras, tucanos, aranhas, cobras, onças, jacarés, piranhas e outros.

 

 

Os gráficos do jogo são bonitos, a vegetação é rica e é fácil se perder na floresta. O som é bem feito e te passa uma boa imersão, principalmente durante anoite.

Agora vamos falar um pouco sobre a experiência de jogo e desempenho. O jogo possui três modos de jogos, história, sobrevivência e desafio. Durante a jogatina, eu percebi que é extremamente fácil contrair algum tipo de ferimento e os status se esvaziam rápido demais, principalmente se você jogar nas dificuldades mais altas, apenas o fato de você andar por pouco tempo pode te dar alergias e uma pequena corrida te deixa com sede, esses fatores podem incomodar com o constante gerenciamento, mas são ok na dificuldade normal. Os encontros com predadores e inimigos não são frequentes, mas tome cuidado e fique preparado, pois quando menos você esperar pode ser atacado.

 

 

O desempenho do jogo é um de seus pontos fracos, falta otimização. Durante a jogatina consegui uma média de 60 quadros na qualidade alta e resolução 2560x1080p, mas tive várias quedas aleatórias para 30 quadros. Não sofri nenhum crash, mas vários usuários reclamaram de problemas onde o jogo simplesmente fechava durante o gameplay e acabavam perdendo todo o progresso.

Green Hell pode ser um prato cheio para os amantes de jogos de sobrevivência, mas antes de decidir se aventurar nesse inferno verde, deve se levar em conta o preço, problemas de desempenho e o fator repetição no modo sobrevivência. O jogo está disponível na Steam e se você não gosta do gênero sobrevivência, fique longe desse título.

 

Green Hell

8

Nota

8.0/10

Positivos

  • Som
  • Mecânicas Novas

Negativos

  • Desempenho
  • Pode ser repetitivo
  • Gerenciamento de status

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar